0 R$0.00

Nenhum produto no carrinho.

Não categorizado
5 dicas de cuidados com pets – Garanta uma rotina tranquila e mais feliz

5 dicas de cuidados com pets – Garanta uma rotina tranquila e mais feliz

As dicas de cuidados com pets são formas simples de garantir que a sua rotina seja mais fácil, o tempo seja seu amigo e que todos fiquem realmente felizes e confortáveis.

Mais importante que isso, é válido ressaltar que a recomendação é sempre analisar o seu orçamento, espaço e dia antes de adotar.

Isso porque, todos os animais precisam de tempo e dedicação, além de alguns outros cuidados que exigem algum dinheiro.

A partir disso, vamos começar!

1# Espaço – Todos merecem o seu

cuidados com pets

Para começar essa lista, uma das melhores dicas de cuidados com pets é sempre garantir que o seu peludo tenha um espaço.

Assim como os seres humanos, os animais possuem hábitos e se adaptam ao ambiente.

Justamente por isso, se o pet não possui um espaço próprio, é natural que ele acabe invadindo outro. Sendo que alguns donos não se importam e outros sim.

Porém, o espaço do pet também serve para os dias de maior cansaço, para adaptação da rotina e podem evitar acidentes.

Então, a regra é sempre separar um canto da casa para colocar o comedouro e bebedouro do pet, que pode ficar próximo da cama.

Vale destacar aqui que é essencial que o pet tenha uma cama que seja ideal para o tamanho dele.

Já tapetes higiênicos, se fizer uso, deixe em local mais afastado, seja em uma sacada, quintal ou lavanderia.

Lembre-se de manter o pote de água sempre limpo e trocar a água, ao menos, duas vezes ao dia.

Inclusive, não se esqueça que os pets também precisam gastar energia, então, separe tempo para brincar e caminhar, em torno de três vezes ao dia.

2# Alimentação é um dos cuidados com pets

A alimentação é essencial para a vida e pode mudar toda a forma como o corpo do peludo funciona.

Por exemplo, pode reduzir o cheiro da urina, deixar as fezes mais duras ou moles, contribui para a queda ou não de pelo e assim por diante.

Geralmente, a recomendação é conversar com um veterinário, para ter uma ideia melhor do que você pode oferecer.

Existem raças que requerem alguns cuidados maiores, assim como cães que apresentam alergias a alguns alimentos, e também existem alguns que são mais simples.

Isso nem sempre depende do porte ou raça do animal, ainda que possa contribuir.

Na maior parte das vezes, a ração é a melhor amiga dos donos de pets.

Entretanto, para isso, é preciso escolher uma ração de boa qualidade, que ofereça todos os nutrientes que o pet precisa.

Além disso, você também pode oferecer alimentos extras, que funcionam como uma recarga de vitaminas.

cuidados com pets

Já a comida natural, que vem ganhando mais espaço, pode ser a melhor alternativa para uma saúde mais equilibrada.

A regra é: seja comida ou ração, garanta que seu pet está consumindo todos os nutrientes que precisa.

3# Cuidados com o pelo – Respira fundo e tenha calma

Entre as dicas de cuidados com pets, os pelos são um problema constante, mas que nunca podem ser completamente eliminados.

Veja, existem dicas para reduzir a queda. Porém, os pelos dos cães caem assim como cabelos.

Então, a melhor alternativa é conhecer as dicas de como eliminar os pelos de pets da casa.

Dessa forma, também é essencial ficar atento a queda e, na dúvida, procurar um profissional.

Queda em excesso pode ser sinal de algum problema mais grave e merece atenção.

Fora isso, existem algumas dicas interessantes que você pode seguir e que ajudam a lidar com esse problema:

  • Garanta uma alimentação mais rica em nutrientes, já que a queda pode estar ligada a falta de algum item essencial;
  • Mantenha a tosa do pet sempre em dia;
  • Penteie os pelos, o que pode variar de acordo com o comprimento do pelo;
  • Utilize luvas que funcionam para fazer carinho e retirar pelos mortos.

4# Cuidados com pets – Idas ao veterinário

Ainda hoje, é muito comum que alguns donos de pets só levem os animais ao veterinário quando dão de cara com um problema mais grave, o que é um grande erro.

Em síntese, os animais precisam manter a saúde em dia para viver melhor e também para viver mais tempo, assim como os seres humanos.

Ainda que alguns tenham menos necessidades que outros.

Por exemplo, cães que são braquicefálicos, conhecidos por terem um focinho muito curto, precisam de mais cuidados.

Já que é comum que apresentem problemas para respirar e outras complicações.

Os cães de porte grande também podem requerer mais cuidados, já que podem ser sensíveis a alguns alimentos e até precisarem de reforço para os ossos.

Assim como os gatos da raça Sphynx, que não possuem pelos no corpo.

Mas isso não é nenhuma regra.

Portanto, o ideal é sempre ficar observando os pets e fazer uma consulta anual, pelo menos.

cuidados com pets

Nesse meio tempo, se o pet começar a apresentar algum sintoma ou sinal, como diarreias, vômitos e choros ao ser tocado, melhor ir para consulta o quanto antes.

Inclusive, não se esqueça de manter as vacinas sempre em dia e também optar pela castração.

5# Outros cuidados essenciais

Por fim, existem ainda algumas outras dicas importantes que podem melhorar muito a vida dos pets e donos de pets.

Em primeiro lugar, é essencial manter a limpeza em dia, o que significa:

  • Banhos a cada quinze dias, em média;
  • Cortar as unhas;
  • Limpar as orelhas;
  • Garantir a tosa, principalmente em raças mais peludas;
  • Deixar o ambiente sempre limpo.

Em segundo lugar, a dica é ficar atento a parasitas, que podem comprometer a vida do seu cão.

Para isso, a regra é sempre utilizar shampoos que sejam anticarrapatos e antipulgas, além de seguir com a medicação adequada.

Alguns donos de pets optam por comprimido, enquanto outros escolhem o líquido, que é passado no dorso do animal.

Se ficar na dúvida, converse com um veterinário sobre a melhor opção.

Em terceiro lugar, é preciso educar o cão, tanto para não fazer xixi no lugar errado, como para passear, ficar em casa, socializar com outros pets e assim por diante.

Tudo isso também auxilia na saúde mental do pet, reduzindo o estresse e melhorando a convivência.

 

Por fim, você ainda ficou com alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre o tema?

Comenta aqui embaixo ou aproveite para compartilhas as suas dicas de cuidados com pets ou experiências com nossos leitores.

Grande abraço e até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

X